Sobre amor e uniões

Hoje, em meus vagos pensamentos e na minha atual situação de prisão mental em que me encontro, peguei um taxi indo pra casa.
O taxista era simpático, daqueles que puxam papo, sabe? Passamos em frente a um cartório no caminho da minha casa e ele contou que foi ali que ele havia se casado, 40 anos atrás.
40 anos. Minha gente.

E ai eu perguntei se ele continuava casado e ele disse “sim, graças a Deus”.

Nesse momento eu me perguntei como. Como ele estava casado a 40 anos. Eu me pergunto isso sempre que vejo esses casais duradouros.
Estou em um relacionamento de 9 anos e sei quanto é difícil permanecer ao lado de alguém.
Hoje em dia, é difícil ver casais da minha idade ou um pouco mais velhos, investindo em uma relação. Tudo é muito efêmero e passageiro.
As pessoas são levianas.
Talvez essa não seja a palavra. Me estressei mal.
As pessoas esperam demais. Isso mesmo.
Esperam que tudo seja perfeito. Mas ai se deparam com uma triste realidade: nada é perfeito.
Principalmente elas mesmas.
Esses tempos estava conversando com um amigo – bom, eu considerava ele meu amigo, até que ele se afastou. – e estava contando uns problemas que estava enfrentando no meu relacionamento e ele me disse o seguinte: Te admiro por ainda estar nisso, eu já teria desistido a muito tempo.
E talvez essa seja a resposta do porque temos tantos relacionamentos fracassados nos dias de hoje.
As pessoas esperam demais e quando se deparam por situações de dificuldade, desistem. Partem pra outra.
Isso quer dizer que devemos nos sujeitar a permanecer em relacionamentos fracassados pra provar que não desistimos? Não. Isso quer dizer que temos que ter a maturidade e enxergar que, assim como nós, a pessoa que esta do nosso lado não é perfeita. E se realmente, aquele relacionamento é fracassado ou nós que fracassamos. Fracassamos em honestidade, caráter, paciência, empatia e doação.

Será que é tão difícil entender isso? Pra mim, muitas vezes é.
Mas se foi possível pra tantos que comemoram uniões de 40 anos, talvez seja pra nós também.
Basta querer e investir naquilo que vocês acreditam ser verdadeiro.


6 comentários:

  1. Bom dia Jéh, que texto mais lindo.
    Eu precisava ver isso, no mês de maio passei por problemas no meu casamento, estamos juntos a 6 anos. Se separamos houve traição da parte dele, eu sei que é muito difícil perdoar e principalmente esquecer. Mas voltei com ele, é uma luta diária, espero que tenha feito a coisa certa, acredito no amor, apesar que quem ama não trai né, mas mesmo assim resolvi dar mais uma chance pra gente, pra ele, pra mim. Vou confessar que não é fácil, e olha que hoje eu lendo isso me sinto melhor, acredito que possa dar certo novamente. Obrigada Jeh por suas palavras, espero que muitas pessoas leiam isso e se sinta bem como eu me sinto. Um beijo no seu coração, sempre acompanho seu trabalho, não sou muito de comentar mas estou sempre aqui. Te desejo mais e mais sucesso, muita paz, amor e saúde!!! Te adoro muito e mais uma vez obrigada, ah vou compartilhar esse texto no meu face. um bj ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que história hein!
      Que você seja imensamente feliz por ter um coração tão bom e que todo esse amor caia em dobro no relacionamento de vocês.

      Excluir
  2. Jéh, que texto incrível. Falou tudo

    ResponderExcluir
  3. Oi Jeh, eu tenho 26 anos, estou casada a 9, (juntos a 10), a gente não é um casal perfeito -estamos longe de ser- a gente viveu e vive muitas experiências juntos que se eu olhar pra trás eu vejo que ele tá presente em mais de um terço da minha vida,a gente nunca se separou mas já tivemos fases difíceis , fases de dizer "vamos tentar sair com outras pessoas?" e a gente foi lá e fez, algumas foram legais, outras engraçadas, e várias tensas, mas acabou que isso somou também como experiência. Eu não sei se vou ficar com ele pro resto da minha vida,não temos mais ilusão nenhuma em relação ao outro, a gente se conhece, desde as fraquezas até os talentos, medos e sonhos,acho que a base do relacionamento duradouro é isso mesmo, baixar a expectativa e olhar de verdade pra quem tá ali do teu lado com todos os defeitos e tentar entender, porque afinal tudo tem um motivo, mas também olhar pra si mesmo e ver onde pode dar uma maneirada pra não machucar o outro, pra quem acredita em signo, eu sou peixes e ele capricórnio.Eu não sei se um dia eu vou me separar e querer isso de novo pra mim, porque é cansativo. Minha mãe ficou 35 anos casada com o meu pai, em um casamento nada bonito, e eu sempre disse que não queria nada parecido pra mim e até agora estou cumprindo. Cada caso é um caso, cada pessoa é uma pessoa, mas eu acho que enquanto houver vontade de tentar, é válido, e quando acabar , se acabar, bola pra frente. Beijo jeh, eu acho vocês um casal lindo, desejo sabedoria para o futuro dos dois <3

    ResponderExcluir
  4. Thermoplastics are extra common on this course of since it's simpler to mold, broadly out there and it's extremely recyclable. Injection molding is a extremely productive and environment friendly methodology in fabricating plastic products. The injection molding cycle includes an injection of molten plastic right into a mold, then cooling it to type the solidified part. Ceramic injection molding refers back to the} course of by which customized ceramic elements are fabricated using the injection Slippers mold course of similar to that used with plastics.

    ResponderExcluir